Resenha

Como funcionam as notas e as avaliações de jogos no Geração Gamer?

O G2 possui uma seção de resenhas totalmente dedicada aos jogos brasileiros. A ideia é que o espaço seja uma vitrine para que as pessoas conheçam a produção nacional com uma visão crítica. Para que os nossos leitores entendam o nosso critério de avaliação, lançamos aqui um pequeno guia de review.

como-sao-as-resenhas Continuar lendo

Anúncios
Padrão
Resenha

Odallus é um ode desafiador aos fãs do NES

Lançamento de julho de 2015, Odallus: The Dark Call é um excelente sucessor do distópico e futurista Oniken (2012). No entanto, saindo deste enredo, o novo título da empresa amazonense JoyMasher é no período medieval. Você controla o guerreiro Haggis que encara monstruosidades que surgiram em sua vila graças a um lorde das trevas. Numa história tipo dark fantasy deve-se guiar o herói para resgatar o seu filho e descobrir o que aconteceu.

odallus-resenha-1 Continuar lendo

Padrão
Resenha

Treeker brinca com dois mundos, mas é um cenário vazio

Geração Gamer teve acesso ao jogo Treeker: Os Óculos Perdidos, da desenvolvedora Blu Box Soft de Fernando Paulo, durante o BIG Festival que ocorreu entre os dias 27 de junho e 5 de julho. O game foi finalista da categoria “Melhor Jogo” no maior evento de títulos independentes no Brasil, que ocorreu no Centro Cultural São Paulo. A indicação foi a primeira de um jogo brasileiro no segmento.

treeker-review-1

Continuar lendo

Padrão
Opinião

O primeiro desenvolvedor brasileiro de games, Renato Degiovani, comenta sobre o jogo Toren

O desenvolvedor Renato Degiovani (58) fez o primeiro game aos 25 anos, em meados de 1981, no Brasil. Foi um dos pioneiros de nossa crescente indústria, e tem orgulho de ser brasileiro. Dirigiu a revista Micro Sistemas e edita o site TILT Online, em que comercializa e discute seus próprios games. O jogo Toren, da Swordtales com a publisher Versus Evil, foi lançado após quatro anos de desenvolvimento com incentivos da Lei Rouanet. Degiovani deu um depoimento ao site Play’n’Biz do colega Kao Tokio sobre o game. Reproduzimos com autorização as impressões do desenvolvedor pioneiro sobre Toren no Geração Gamer.

renato-degiovani

Continuar lendo

Padrão
Resenha

Toren é uma história sobre ciclos, feminilidade, vida e morte

Geração Gamer teve acesso ao jogo gaúcho Toren, da desenvolvedora Swordtales com a publisher Versus Evil, antes de sua data de lançamento oficial nesta terça-feira (12). Jogamos o game do começo ao fim, acompanhando a saga da heroína Moonchild crescendo dentro da torre junto da Árvore da Vida e enfrentando o Dragão Negro e todas as suas sensações internas. O título é uma verdadeira história sobre ciclos de vida, feminilidade, renascimento e morte. Contamos com detalhes para que você entenda como este game pode ser o jogo do ano e o primeiro a colocar o Brasil de maneira mais séria no circuito internacional de jogos eletrônicos.

toren-resenha-1

Continuar lendo

Padrão