Resenha

Jogador de Mil Fases é um livro acadêmico e brasileiro de games com pegada lúdica

Lançado em 2013 pela Editora Novas Ideias, a coletânea em formato de livro Jogador de Mil Fases tem uma óbvia inspiração na obra O Herói de Mil Faces (1949) escrita por Joseph Campbell, estudioso de mitologia que inspirou George Lucas em Star Wars, e foi lançada em 2013. Editado por Vítor Barreto, o livro tem artigos organizados por Guilherme Xavier e Arthur Protasio, YouTuber, estudioso de narrativas de games e representante do IGDA no Rio de Janeiro.

jogador-de-mil-fasesA obra brasileira possui 186 páginas e 13 artigos. Geração Gamer recebeu um exemplar para resenha em novembro de 2014 – obrigado pelo exemplar, Arthur! – e faremos uma resenha para que você conheça melhor o livro. Ele faz parte da série Ludo da Editora Novas Ideias, parte da 2AB Editora de Teresópolis, no Rio de Janeiro. A ideia é realizar reflexões construtivas sobre os games e seu papel de entretenimento na vida das pessoas.

Diferentes autores e repertório rico

O co-fundador do Aquiris Game Studio de Porto Alegre, Israel Mendes, escreve sobre “a gamificação do luto”. Além do executivo, o professor da Universidade da Califórnia, Noah Wardrip-Fruin, participa da coletânea com um artigo sobre o jogo Passage. O jornalista americano James Portnow, com passagens por Gamasutra e Escapist, além de ser autor do programa em vídeo Extra Credits, redigiu um texto sobre as reais motivações por que ele joga.

A linguagem do livro, não se enganem, é acadêmica. Há uma bibliografia por trás de cada material dentro da compilação. No entanto, a estrutura dos textos é atraente, simples e aprofunda a questão das experiências em diferentes games. O repertório de jogos digitais acaba sendo enriquecido pelas abordagens. Assassin’s Creed: Brotherhood, GTA, Red Dead Redemption e até Final Fantasy Tatics são títulos mencionados para falar desde religião e criação de mundos até sobre metalinguagem em videogames.

Isabel Ferreira, por exemplo, faz uma correlação muito interessante entre o linguista russo Mikhail Bakhtin e o jogo com protagonista criminoso em Grand Theft Auto. É uma das boas intersecções que o livro constrói.

Os organizadores da obra também escrevem. Guilherme Xavier aborda documento interativo, enquanto Arthur Protasio escreve sobre reencarnação no jogo Way of Samurai 3, citando até o cineasta Akira Kurosawa e o seu Rashomon, filme com diferentes pontos de vista.

Uma aventura com ajuda de dois bardos

“Jogador de Mil Faces [é] uma jornada pelo mundo dos jogos guiada por nós, os bardos que aqui se apresentam, mas sob a ótica de diversos outros contadores de história”, afirmam Guilherme e Arthur no capítulo de abertura do livro. A ideia da obra é justamente essa: Dar ao jogador o papel de narrador e o da pessoa capaz de interpretar a experiência dos videogames.

Por este motivo, a inspiração do livro com Campbell vem bem a calhar. Interpretar jogos eletrônicos é uma oportunidade única de correlacionar com obras artísticas e atribuir novos sentidos para uma experiência que é, por tradição, uma imersão em outro mundo.

Portanto, é mesmo uma autêntica aventura.

Possível conclusão

“Jogos têm a capacidade de reavivar a curiosidade, de excitar-nos e nos levar além dos limites da nossa própria vontade”, escreve o jornalista americano James Portnow, do Extra Credits neste livro brasileiro.

Se você deseja apreender diferentes pontos de vista sobre uma mídia que é altamente consumida, como os games, e que é tradicionalmente muito jovem, esta é uma obra que você precisa apreciar.  Jogador de Mil Fases é um livro em português que presta um grande tributo à diversidade que existe e é atuante no universo dos videogames.

A ludicidade e a brincadeira, sem perder a seriedade, estão presentes em um produto com diversos aspectos culturais.

Acompanhe Geração Gamer no Facebook e no Twitter.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Jogador de Mil Fases é um livro acadêmico e brasileiro de games com pegada lúdica

  1. Pingback: 10 novidades que mexeram com a cena brasileira de games – 14/09/2015 | Geração Gamer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s