Opinião

Uma inquietação sobre a cena brasileira de jogos digitais

No dia 26 de junho de 2016, anunciei uma mudança de rumos no Geração Gamer através de um editorial. A partir daquele texto, flexibilizei as atualizações “hard news”. Por contratempos, estou priorizando as atualizações da seção Indie do site Drops de Jogos, parceiro desta página e do site Catraca Livre. Mantemos um Patreon aberto caso você queira financiar o G2 ou sua expansão na cobertura da cena brasileira de jogos a partir de US$ 1.

Foto: Anahi Patricia Jasso/Creative Commons/Flickr

Foto: Anahi Patricia Jasso/Creative Commons/Flickr

Mas agora utilizaremos este site para também fazer algumas indagações. Por isso resolvi escrever alguns artigos mais opinativos e focados em pesquisa.

Desde a criação do Geração Gamer como site independente, após sua bem-sucedida temporada com 80 colunas no site TechTudo, da Globo.com, promovi pesquisas mensais e por temas sobre os jogos brasileiros. Os levantamentos reuniram dezenas, centenas e até milhares de votos. Destacou sucessos como Toren, Pixel Ripped, Horizon Chase e até games de jams nacionais.

Levantamentos sérios no país, como a GEDIGames feita pela USP com verba do BNDES, encontraram menos de 200 empresas no Brasil em 2014. Pesquisas posteriores da ABRAGAMES catalogaram cerca de 300. A verdade é que existem dados conflitantes, imprecisos e pouco revisados sobre o tamanho do nosso mercado.

E se o Geração Gamer conduzisse uma pesquisa mais detalhada sobre o mercado da cena brasileira de jogos digitais? E se rastreasse empresas, gamejams, instituições de ensino, lojas de venda e revenda de títulos, games offline e outras iniciativas lúdicas brasileiras?

Estas são algumas das inquietações que tomam conta de mim e acredito que talvez se transformem numa pesquisa de pós-graduação. Ou algum outro tipo levantamento.

O que você acha sobre o tema?

Acompanhe Geração Gamer no Facebook e no Twitter.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Uma inquietação sobre a cena brasileira de jogos digitais

  1. Pingback: Geração Gamer. Ano Dois | Geração Gamer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s