Opinião

Jogos brasileiros dão exemplo de eficiência no financiamento coletivo no país

A indústria de jogos é muitas vezes vista como uma das mais inovadoras para se trabalhar, e atrai pessoas vinculadas com as novas tendências. O setor tem experimentado um desenvolvimento significativo do crowdfunding, já que as campanhas de games representam uma grande fatia das plataformas de financiamento coletivo de acordo com o Kickante.

Foto: Rocío Lara/Flickr/Creative Commons

Foto: Rocío Lara/Flickr/Creative Commons

Existem três formas com que crowdfunding pode fazer a diferença na forma como os jogos são produzidos.

Custos de produção: Os custos da criação e produção de um game têm aumentado significativamente nos últimos anos, a indústria cresceu e ficou mais popular e, consequentemente, a demanda e expectativas do público aumentaram.

Como resultado da expansão do setor, os pequenos produtores tiveram que encontrar meios de captação de fundos para viabilizar os jogos. O crowdfunding permite que eles consigam os recursos de necessário para transformar suas ideias em realidade. Assim, novos conceitos interessantes, que podiam nunca ter saído do papel, estão hoje no mercado.

Diversidade no mercado: A atividade está agora mais equilibrada já que o mercado não é mais liderado pelas grandes produtoras. Com os fundos captados através do financiamento coletivo, os pequenos criativos têm mais liberdade para viabilizar novos games e, por isso, os jogos também serão cada vez mais diversificados.

Conexão com os consumidores: Além disso, o crowdfunding é uma ótima maneira de estabelecer e manter a fidelidade dos clientes. Como colaboradores do projeto, eles se sentem mais conectados e até mesmo responsáveis pelo produto. Ainda, os potenciais clientes têm interesse no seu sucesso e, por isso, podem proporcionar um tipo de publicidade gratuita.

Essa conexão é mútua, já que o criador da campanha pode obter feedback e fazer ajustes no game até deixá-lo perfeito para ser comercializado.

Cases de sucesso

“No futuro distante, o erro de tirânicas mega corporações assombra a galáxia. Gigantescas criaturas servem como armas de guerra em planetas de paz. Uma excelente oportunidade para indivíduos de grande ousadia se tornarem Caçadores da Galáxia”. É assim que o criador Daniel Alves descreve seu jogo.

O jogo de tabuleiro Caçadores da Galáxia foi viabilizado via crowdfunding, onde arrecadou mais de R$ 218 mil – 875% da meta inicial. Os contribuidores recebiam recompensas como cartas especiais, edição de colecionador, entre outros.

Já o game Lampião Verde – A maldição da Botija é Um jogo para PC de RPG em plataformas 3D com física, elementos de roguelike e ritmo. Tudo isso ambientado em um universo fantástico baseado na cultura nordestina e com história e personagens na pegada de quadrinhos de super-heróis.

Para produzi-lo, o Narsvera Game Studio arrecadou mais de R$ 35 mil, com o apoio de 273 contribuidores.

É certo que a indústria dos games continuará crescendo e o crowdfunding deve ganhar ainda mais popularidade entre os criadores menores e independentes, além de aproximar os designers do seu cliente final, que é o gamer.

Conteúdo feito em parceria com o Kickante

Acompanhe Geração Gamer no Facebook e no Twitter.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s