Opinião

Entrando no mundo dos board games. Por Patricia Kawaguchi, musicista

Olá! Eu sou a Patty K e aceitei o convite aberto do Pedro para escrever aqui no Geração Gamer.

Cyber Bunny is the Queen of Tokyo!

Cyber Bunny is the Queen of Tokyo!

Minha proposta é escrever principalmente sobre game music, board games e retro games. Contrariando as expectativas, o primeiro post não vai ser sobre música e sim sobre board games, para divulgar um evento que vai acontecer no próximo sábado.

(Para quem não sabe, eu sou musicista. Uma compositora com um blog)

Este post é pensado para quem conhecer ou entrar no mundo dos joguinhos de tabuleiro (e cartas, dados…) e não sabe muito bem por onde começar. Vejo muitas pessoas comentando no Twitter.

Então vou tentar responder esses comentários e dar umas dicas.

Forbidden Island no Metropoly Bar

Forbidden Island no Metropoly Bar

Os jogos são muito caros! Não tenho como comprar pra jogar!

É, infelizmente são mesmo. 😦 Mas felizmente tem algumas alternativas! 🙂

Com um grupo de amigos que jogam e têm jogos, quando tiver dinheiro pra comprar, escolha um que ninguém tem. Por exemplo, não adianta muita coisa um grupo de cinco amigos onde todos têm Citadels e nenhum outro tipo de game.

Também existem grupos de compra e venda, dá pra comprar usado. Sinceramente eu fico com um pé atrás porque nunca dá pra ter certeza do estado de conservação, se falta alguma pecinha etc. Além disso o pessoal parece fazer muito leilão e às vezes o preço final é bem próximo ou até superior ao preço de um novo, não compensa tanto. Mas não custa ficar de olho.

E a opção mais legal são os lugares que disponibilizam os jogos para você jogar: luderias e lojas nerds! Para quem mora em cidades pequenas e/ou longe dos grandes centros comerciais, acaba sendo um pouco mais complicado ter essa possibilidade, o melhor jeito é comprar e juntar um grupo pra jogar. Mas pra quem mora ou pode ir em cidades maiores, vou fazer algumas sugestões.

Não sei onde jogar!

Vou falar das que conheço.

Em São Paulo tem a Ludus Luderia, que é a mais antiga e tradicional, mas não recomendo porque acho o preço de entrada abusivo (30 reais no sábado!). O espaço é apertadíssimo e desconfortável e a comida é cara, não compensa.

Também tem a Funbox, que é uma ludolocadora. Ou seja, lá você faz aluguel de jogos para levar pra casa (!) e pra jogar no local. Mas estou de mal com ela porque uma vez marquei um rolê com o pessoal, saí de Campinas pra dar com a cara na porta. Esqueceram de avisar no site que tinham mudado de endereço e depois disso não tentei ir ao novo lugar.

Em Campinas tem o Metropoly Bar que é um amorzinho (entrada 13 reais), espaçoso e com comida honesta. O único ponto negativo é que mesmo nos finais de semana ele só abre a partir das 18, então é um pouco ruim pra trazer gente de outras cidades pra jogar lá. Nunca fui lá pra cima, mas recomendo com fé a Balboa’s, que fica em Fortaleza e é de um amigo meu, enão sei que tem qualidade.

pat-k-primeira-coluna-5

Além das luderias, várias lojas nerds – aquelas que vendem card game, figures e board games – estão começando a disponibilizar jogos para o pessoal.

Em Campinas a Top Draw começou a fazer isso e em São Paulo a Terra Magic também fornece material. Embora ainda não tenha experimentado porque é uma novidade recente, as duas lojas são muito legais, já joguei Yu-Gi-Oh e board games que levei no espaço delas. São recomendadíssimas!

Ocasionalmente acontecem eventos, como o que acontecerá no próximo sábado em Jundiaí: 32 Encontro de Jogos Além do Muro, perto da estação da CPTM, entrada gratuita, ar condicionado. Em Campinas mensalmente acontece um meet-up de 3DS e às vezes um pessoal leva board games, como também acontece às vezes na feirinha japonesa mensal no Instituto Cultural Nipo Brasileiro.

Se você tem board games e não sabe onde reunir o pessoal, jogue nas lojas nerds, em parques – recomendo Parque da Água Branca que tem uma mesa bem grande e o Centro Cultural São Paulo – e até em cafés e restaurantes.

Timeline no Expresso Kazu, café/doceria muito amorzinho na Liberdade

Timeline no Expresso Kazu, café/doceria muito amorzinho na Liberdade

Não tenho com quem jogar! Meus amigos não gostam de board games!

Olha… você claramente está andando com as pessoas erradas. Troque de amigos.

Brincadeira. Você pode procurar pessoas que já se interessam, sempre é legal conhecer gente nova. Mas também pode tentar convencer seus amigos, de repente eles só não conhecem direito e/ou acham muito complexo.

Mostre um jogo mais simples e rápido pra eles. Não comece com Eldritch Horror, pelo amor de Cthulhu.

Algumas sugestões: Zombie Dice (sem as expansões), Sim Mestre das Trevas, Dixit e jogos simples de cartas como Timeline, Exploding Kittens, Love Letter. Também é uma boa ideia usar a nostalgia de jogos da nossa infância: Detetive, War e Monopoly. Se eles pegarem gosto pela coisa, pode passar para jogos um pouco mais demorados como Citadels, King of Tokyo, Munchkin, Bonanza, Intrigue, Forbidden Island.

Eldritch Horror no chão de casa. À primeira vista a quantidade de pecinhas assusta mais que o jogo.

Eldritch Horror no chão de casa. À primeira vista a quantidade de pecinhas assusta mais que o jogo.

Espero que tenham gostado das dicas e sugestões de jogos. Deixe um comentário falando qual é o seu preferido, se você conhece outro lugar pra jogar, que tipo de post você gostaria de ver sobre board games e o que vier na cabeça 🙂

Até o próximo texto!

Acompanhe Geração Gamer no Facebook e no Twitter.

Anúncios
Padrão

5 comentários sobre “Entrando no mundo dos board games. Por Patricia Kawaguchi, musicista

  1. Tiago disse:

    Oi, King of tokio não é demorado… Bem, depende dos padrões mesmo…
    Bom mencionar o ludopedia.com.br, sem abrir concorrência mas é um site bem especializado e dá pra buscar grupos.
    Moro ao lado do parque da água branca, onde que dá pra jogar lá? Nas mesas próximas do espaço de leitura, ao lado do aquário? Ficam em lugar aberto, mão sei se é o ideal, mas seria bacana se tivesse um grupo fixo por ali.
    Por fim recomendo a geek house espaço extremamente confortável, bom atendimento, fica na alameda franca, 1055 acho, mas é perto do metrô consolação, de terça a domingo, tem acervo modesto, comida boa a preço justo. Entrada de R$10 de quarta a domingo se juntar 20 entradas pode trocar por vale de 200 reais em troca de produtos na loja.

    Curtir

    • Oi, Tiago! Obrigada pelas indicações, vou dar uma olhada! 🙂
      Pra quem não conhece nada de board games eu recomendo jogos mais pá-pum pra começar, com o menor número de regras possível. O King of Tokyo tem uma quantidade um pouco maior de informações, embora ainda seja simples se comparado com outros.
      Na água branca eu fico nas mesas grandes de piquenique, é um pouco inconveniente porque são de madeira e têm um vão entre as tábuas, mas dependendo do jogo funciona bem. Como não moro em São Paulo, acabo variando bastante os lugares onde vou pra passear mais e conhecer a cidade.

      Curtir

  2. Pingback: Cinco novidades que mexeram com a cena brasileira de games – 08/04/2016 | Geração Gamer

  3. Filipe Veras disse:

    Pra quem vai lá pra cima, em Manaus tem uma hamburgueria excelente chamada dungeons&burgers. A entrada é franca, o uso dos jogos também (os funcionários até te ensinam se quiseres aprender um jogo novo). Ponto ruim: a comida, apesar de excelente e com nomes divertidos como “beholder”, “hotdice” e por aí vai, é usóiosdacara.

    Enfim, me mudei recentemente pra campinas. Será que uma alma caridosa com um grupo já estabelecido de boardgames me incluiria??

    filipeobj@hotmail.com

    Curtir

  4. Filipe Veras disse:

    Pra quem vai lá pra cima, em Manaus há uma excelente hamburgueria chamada “dungeons&burguers”. A entrada é Franca e o uso dos jogos também, os funcionários inclusive explicam como jogar, caso queira tentar um jogo novo. A desvantagem é que apesar da comida ser excelente e ter nomes divertidos como “beholder” e “hot dice”, custa “uzóiosdacara”.

    A propósito, me mudei pra campinas recentemente e procuro um grupo de boardgames. Alguém me adota? 😁
    filipeobj@hotmail.com

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s