Notícia

Collective Karma é um jogo brasileiro de escolhas morais decididas em um clique

Desenvolvido pelo Aquiris Game Studio de Porto Alegre, o jogo Collective Karma é feito basicamente de diálogos envolvendo situações cotidianas, numa tela preta estilo DOS, que brinca com decisões de caráter moral. Você conversa com mendigos e pessoas, como se fosse um RPG narrado, e cada uma de  suas decisões influi no seu Karma. De acordo com os criadores, até o físico Stephen Hawking, que sofre de esclerose, seria capaz de apreciar o game e ele foi criado para permitir a acessibilidade de qualquer jogador por dentro de uma narrativa mais complexa.

karma-1

O jogo foi criado por um “power trio” responsável por tudo, desde a programação até o design: Guilherme Ventura, Gustavo Dort e Raoni Campos. Os desenvolvedores pretendem tornar um game em uma plataforma para que as pessoas aprendam jogando a tomar as melhores decisões. Tudo pode ser mudado no jogo e ele pode ser programado para funcionar com apenas um botão ou comando.

karma-2

O material pode ser conferido no site oficial da GGJ.

Acompanhe Geração Gamer no Facebook e no Twitter.

Anúncios
Padrão

2 comentários sobre “Collective Karma é um jogo brasileiro de escolhas morais decididas em um clique

  1. Renato disse:

    Interessante, me lembrou o trabalho da Telltale com o jogo The Walking Dead, onde o mais interessante do jogo está nos diálogos e relações com os personagens que na matança de zumbis em si.

    Curtir

  2. Pingback: 10 novidades que mexeram com a cena brasileira de games – 31/01/2015 | Geração Gamer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s